Óxido Nítrico, e o Infravermelho Longo

Reading time: 3 minutes

O que é o óxido nítrico?

É uma substância produzida no endotélio (camada interna dos vasos sanguíneos) que promove o relaxamento do músculo liso presente na parede dos vasos sanguíneos, favorecendo a vasodilatação e o aumento do fluxo sanguíneo (Figura 1).

O Óxido Nítrico (NO) atua no músculo como molécula sinalizadora responsável pelo fluxo de sangue, transporte de oxigénio, equilíbrio da glicose, velocidade de contracção muscular, produção de energia e crescimento do músculo.

O óxido nítrico produz-se nas células endoteliais
Figura 1 – Vaso Sanguíneo.

O óxido nítrico no exercício físico

Durante o exercício físico, o trabalho cardíaco aumenta e acontece uma redistribuição do fluxo sanguíneo. Os músculos mais trabalhados durante o exercício são mais abastecidos do que os tecidos inactivos.

Pelo facto do óxido nítrico ser um vasodilatador, significa que irá haver um aumento do fluxo sanguíneo e maior rapidez e eficiência na distribuição do oxigénio e dos nutrientes aos músculos.

A bioestimulação do óxido nítrico fará com que haja um aumento na recuperação e diminuição da fadiga muscular. Os músculos irão receber oxigénio e nutrientes com maior frequência e consequentemente a recuperação será mais rápida.

Durante o treino, os músculos vão esgotando o oxigénio que recebem. Quando deixa de existir oxigénio suficiente, o organismo começa a produzir ácido láctico, e o corpo irá começar a sentir-se mais cansado. Quanto maior a quantidade de oxigénio que conseguirmos levar aos músculos, menor será a quantidade de ácido láctico produzido, e consequentemente menor será a fadiga acumulada sendo a recuperação mais rápida (Figura 2).

O óxido nítrico ajuda a relaxar o tecido muscular liso deixando-o mais elástico
Figura 2 – Maior distribuição de oxigénio e nutrientes aos músculos.

NOTA – Uma vez que a resistência ao exercício físico depende da quantidade de oxigénio que os músculos recebem durante o exercício, um aumento do fluxo sanguíneo atrasará a fadiga muscular.

Óxido nítrico e o infravermelho longo

A Bionz desenvolveu uma biocerâmica denominada TIZNO capaz de irradiar infravermelho longo (3 µm a 14 µm). Esta biocerâmica é incorporada nas fibras do tecido da roupa que passa então a ter a capacidade de absorver calor e irradiá-lo na forma de ondas de infravermelho longo, proporcionando o aumento da temperatura naquele local. Quando o corpo entra em contacto com o tecido, a biocerâmica TIZNO que está incorporada no tecido passa a emitir luz infravermelha longa e desencadeia uma reacção bioquímica que tem propriedades de bioestimulação.

As ondas na faixa de 3 µm a 14 µm estimulam as moléculas da água e fazem com que o organismo produza óxido nítrico, que é um vasodilatador. Este óxido ao estimular a vasodilatação e a consequente melhora da microcirculação sanguínea local, diminui as dores e/ou inflamações (Figura 3).

endotélio, células musculares lisas, vasos relaxados, óxido nítrico dilata os vasos sanguínos
Figura 3 – Vasodilatação através do óxido nítrico.

Resumo:

  • A Biocerâmica TIZNO irradia ondas de infravermelho no comprimento de 3 a 14 µm.
  • As ondas estimulam nas células a produção de Óxido Nítrico (NO).
  • O Óxido Nítrico (NO) aumenta o volume dos vasos, melhorando assim a microcirculação sanguínea, trazendo benefícios diversos à saúde como o relaxamento muscular e alívio da dor.
Artigo por:
Eng. Biomédica Micaela Rodrigues